Tudo sobre as trepadeiras: espécies, formas de cultivo e dicas de decoração

tudo sobre as trepadeiras

Tudo sobre as trepadeiras: espécies, formas de cultivo e dicas de decoração

Sem dúvidas, quem deseja transformar os ambientes externos e internos com um toque de verde sabe que pode apostar na vivacidade das trepadeiras para contornar, perfumar e desenhar muros e paredes.
Devido ao seu toque vibrante e natural, essas espécies vêm conquistando a cada dia mais adeptos.
Portanto, se você é fã dessas plantinhas e deseja preencher algum ambiente da sua casa com elas, siga com a gente e descubra no post do blog da Sapucaia quais são as trepadeiras mais comuns, as formas de cultivo e algumas dicas de decoração.

Tudo sobre as trepadeiras: como escolher?

Antes de mais nada, para escolher a trepadeira ideal, é necessário definir o espaço e o limite que a plantinha deve alcançar. Portanto, é preciso considerar que essas espécies, quando não são podadas, podem se alastrar facilmente pelos ambientes.
Além disso, como informado anteriormente, os locais mais comuns para abrigar as trepadeiras são paredes, muros, painéis e pergolados bem iluminados.
Entretanto, as espécies menores, com crescimento limitado também podem ser cultivadas em vasos e são boas opções para decorações de ambientes internos.
Por fim, mas não menos importante, é necessário levar em conta que essas plantinhas precisam de um apoio para se segurarem. Esse sustento pode vir de uma coluna, treliça, ou, até mesmo, uma própria parede.
Confira a seguir algumas espécies mais comuns de trepadeiras.

7 tipos de trepadeiras para compor projetos paisagísticos

1. Alamanda

Sobretudo, a Alamanda é uma espécie de trepadeira muito utilizada para forração de muros, cobertura de pergolados e construção de arcos de jardins. Com belíssimas flores, muito apreciadas pelas abelhas, as Alamandas são plantinhas tóxicas que precisam de sol pleno e regas diárias.
Dica de decoração: Aposte no poder da Alamanda para transformar muros e paredes externas, jardins e halls de entrada.

2. Jade

Dona de longos cachos vermelhos ou azuis, a trepadeira Jade apresenta uma beleza extraordinária. Além disso, pode atingir até 1,20 metro de comprimento, por isso, é indicada para cobertura de pérgolas altas.
Em relação ao cultivo, o ideal é que ele seja realizado diretamente no solo, justamente por conta da sua necessidade de espaço. Também demanda contato com o sol e regas frequentes.
#DicadaSapucaia: Aposte na Jade para transformar a decoração de áreas externas como jardins, quintais e fachadas.

3. Dipladênia

Indiscutivelmente versátil, a Dipladênia é uma trepadeira com visual rústico, que pode ser cultivada tanto em vasos quanto diretamente no solo. Com flores rosadas de centro amarelo, essa plantinha exala um perfume doce e tem crescimento leto, atingindo, no máximo, três metros. Não tolera frio nem geada, portanto, o ideal é cultivá-la em locais protegidos dos ventos fortes.
#DicadeCultivo: Aproveite todo o charme da Dipladênia e transforme seus ambientes internos com as cores e o toque vivaz dessa plantinha.

4. Primavera

De fato, a Primavera é uma espécie de trepadeira cativante. Suas flores vivas e brilhantes compõem um verdadeiro espetáculo. Entretanto, essa verdinha cresce bastante, por isso, precisa ser cultivada em locais espaçosos. Uma boa dica é utilizá-la para formar arcos e cobrir pérgolas.
Onde cultivar: Excelente opção para decorar sacadas em arcos de ferro, muros ou pergolados de madeira.

5. Hera

Devido à sua baixa necessidade de manutenção, a Hera é uma das trepadeiras mais queridas e populares. Com folhagens sem flores, a espécie é uma excelente opção para revestir muros e paredes e pode ser cultivada em ambientes internos ou externos.
Dica de aplicação: Por conta de seu visual rústico, a Hera é muito utilizada em decorações que envolvem arcos de flores, além disso, também pode ser cultivada em paredes de quartos ou salas.

6. Jiboia

Geralmente vista em ambientes externos e plantada em vasos, a Jiboia tem folhas que formam verdadeiras cascatas verdes. Graças à sua versatilidade, essa verdinha também pode ser cultivada de modo suspenso ou apoiada em paredes e treliças. Aprecia sombra.
Onde cultivar: É uma ótima opção para compor uma decoração natural em quartos e salas de estar.

7. Glicínia

Entre as mais belas trepadeiras ornamentais está a Glicínia. Com flores em tons de branco ou lilás que formam cachos estonteantes, tem baixa manutenção e se adapta bem a diferentes tipos de clima, inclusive, em ambientes mais frios.
Entretanto, tem algumas substâncias tóxicas, por isso, deve ser mantida longe de crianças e animais de estimação.
Onde cultiva: É muito utilizada para cobrir pergolados e formar arcos. Contudo, também pode ser cultivada em vasos.

8. Unha de gato

Por fim, a Unha de gato. Uma das trepadeiras mais populares para a forração de muros, é capaz de cobrir totalmente os espaços onde se insere. Além disso, se ramifica naturalmente e não precisa de condução. Contudo, deve ser podada frequentemente para não perder o seu efeito decorativo.
#DicadaSapucaia: Graças à sua delicadeza e tamanho compacto, a Unha de gato pode ser plantada em vasos e decorar ambientes internos como salas e cozinhas.

Como cuidar da sua trepadeira

Embora cada espécie de trepadeira tenha suas particularidades em relação à rega, adubação e poda, em geral, como elas compartilham de muitas características em comum, é possível definir alguns “cuidados genéricos” para garantir a elas um crescimento e desenvolvimento saudável.
O primeiro ponto que merece atenção é sobre a condução da planta, ou, em outras palavras, o caminho que elas devem seguir, para que possam enlaçar os seus galhos em estruturas. Afinal, sem uma base para apoio, as trepadeiras crescem de maneira desordenada e perdem parte de sua beleza.
Além disso, a luminosidade é outro fator fundamental para o cultivo de uma trepadeira, em especial, para as espécies com flores, que precisam de mais horas ao sol.

Enfim, plantlover, o nosso artigo especial sobre as trepadeiras? Qual das espécies citadas acima é a sua favorita? Conte para nós nos comentários e continue de olho no Blog da Sapucaia, em breve, teremos muitas novidades por aqui.

Ah, e se quiser garantir qualquer uma dessas plantinhas, já sabe onde encontrar todas as espécies citadas acima, né?

Basta entrar em contato com a nossa equipe pelo WhatsApp ou vir nos visitar. Nosso time está sempre pronto para te atender e as portas do nosso Garden Center estão sempre abertas para você.

WhatsApp: (16) 99325-3717.

Endereço físico: Av. Dr. Antônio Barbosa Filho, 80 – Jardim Consolação, Franca – SP, 14405-000.

Você também pode gostar

Abrir chat
Está com dúvidas?
Olá, podemos te ajudar?